A Obra de Santa Zita em Viseu esteve em festa.

Os preparativos para uma festa de natal, tem os seus momentos de magia própria da época que envolve toda a nossa casa.
As nossas crianças tiveram uma dose tripla de paciência, de empenho, envolto de felicidade que seria representar para os pais, irmãos, avós, e todos aqueles que amam, todos os dias e em todos os momentos.
O verdadeiro sentido do Natal esteve presente com a representação do nascimento do Menino Jesus, de uma forma muito atual, como se o menino nascesse hoje.
No final as palavras dos pais foram de alegria e agrado por tudo o que tinham vivido e presenciado.
O testemunho de uma Mãe reflete de forma muito evidente o que se viveu “Efetivamente Natal não é o Pai Natal”.
No final houve a tradicional entrega de prendas, que este ano refletiu aquilo que o Natal tem de melhor, o espírito de partilha. Para além do miminho que cada uma das equipes de sala realizou para as crianças, cada criança recebeu um peluche dado por outra criança.
E assim se vivência o Natal na Obra de Santa Zita de Viseu, com o espírito de ajuda de toda a equipa, e em harmonia com as famílias.