O seu IRS pode ser solidário

A lei fiscal vigente prevê a possibilidade de os contribuintes serem solidários, reencaminhando 0,5 por cento do seu IRS para uma instituição de solidariedade social, sem terem de pagar por esse gesto. Ou seja: por fazer a consignação, o contribuinte nem vai pagar mais imposto nem receber maior reembolso. O Estado que prescinde dessa pequena parcela do total do imposto liquidado, entregando-a à Instituição indicada pelo contribuinte.


Até 31 de março, antes de apresentar a declaração de rendimentos recebidos em 2019, deve dar instrução à Autoridade Tributária para fazer a dita consignação. Não demora mais do que dois minutos a fazê-lo. Aceda à página de internet do Portal das Finanças – portaldasfinancas.gov.pt – e clique na opção IRS – Comunicação do Agregado Familiar / Entidade a Consignar.

fake uhren replika uhren Rolex replica

Faça a sua autenticação com o seu nº de contribuinte e senha de acesso…

Agora, na secção “Entidade a consignar”, clique no botão “Entregar Comunicação”.

Clique depois na lupa…

Surge agora um ecrã com uma longa lista de cerca de 5 mil entidades elegíveis para consignação. Usando o elevador do ecrã (lado direito), desça até à letra O e clique na linha 500792437 OBRA DE SANTA ZITA.

Só falta clicar o botão SUBMETER…

Já está! E até pode obter um comprovativo, gravando-o em formato PDF no seu computador ou imprimi-lo em papel.

Este pequeno gesto de consignar 0,5 por cento do seu IRS não lhe custará absolutamente nada. Mas nem imagina o Bem que vai fazer a tanta gente!