Semana da Fantasia

Há quem pense e diga que Carnaval é tempo de “Carne vale”. Muito melhor pensado e dito é assumir o Carnaval como um período de festa pública, incluindo desfile, combinando alguns elementos circenses, máscaras e muita fantasia trazida à rua, que ocorre antes do tempo litúrgico da Quaresma. Festa ideal para dar asas a imaginação, vestir fatos coloridos e sonhar que somos príncipes, princesas, palhaços, doutores, super-heróis… Porque não?
A Obra de Santa Zita da Guarda proporcionou a todas as crianças uma semana dedicada exclusivamente à fantasia, culminando no dia de Carnaval. Em que cada dia havia um objecto específico que tinham que trazer de casa. Primeiro foi o Dia do Chapéu, seguido do Dia da Gravata, depois o Dia da Camisa ou Blusa. Para não ser apenas folia, mas também fantasia no trabalho, houve também o Dia do Avental, logo seguido do Dia do Utensílio de Cozinha. Finalmente, o Dia do Disfarce Livre e de algumas dramatizações improvisadas pelas crianças do Centro de Atividades de Tempos Livres.
No dia 21 de fevereiro, a Câmara Municipal da Guarda organizou um desfile pela nossa cidade envolvendo algumas escolas do Pré-escolar e 1º Ciclo. A Obra de Santa Zita correspondeu de pronto, em peso e com muita fantasia ao convite, com a participação das nossas crianças do Pré-Escolar, da Sala das Borboletas e dos Coelhinhos.
Particularidade importante: no dia dos Aventais, o lanche foi melhorado. É caso para dizer: quem bom bolo confeciona, com muita alegria o partilha e come.