Celebrando o nosso Fundador

No dia treze de março celebrou-se o Dia do Fundador da Obra de Santa Zita, que, em vida na Terra, por tudo quanto fez, bem mereceu o título de Monsenhor. Agora, no Céu, bem merece o título de Venerável que a Igreja lhe reconheceu.
Entre a gente dita “miúda” do Jardim de Infância da Obra de Santa Zita na Guarda, ele é conhecido como “o Padre Joaquim que fez a nossa escola”. Homem de grandes valores e exemplo de vida para todos nós. Família forte e unida foi sempre a sua maior preocupação. E foi precisamente na Guarda que a sua Obra começou. Não podíamos deixar de lhe fazer uma pequena homenagem e, ainda que de uma forma simples e com pequenos gestos, relembrar e reviver a sua história de vida.
Nas fotos que acompanham esta notícia há testemunho de alguns trabalhos de expressão plástica que fizemos. Eles retratam artisticamente duas características bem visíveis da pessoa e obra do Padre Brás: um olhar atento e projetado para o futuro e mãos abertas para dar e sempre predispostas para o trabalho. Uma terceira característica do nosso Fundador, não estando tão visível à vista desarmada nos nossos desenhos, acaba também por sentir-se: o empenho e a alegria de ter Coração em Deus, para merecer e fazer frutificar as abundantes graças que Nosso Senhor nos dá.