Testemunhos


 

Quero agradecer todo o serviço prestado, apoio incondicional e a Vossa extrema amabilidade.
Neste momento difícil da minha família, foi graças a Vós que consegui suportar a dor e o sofrimento por que estava a passar, no momento da Cirurgia da minha mãe no hospital da Universidade.
Vou procurar durante a minha vida dignificar a Vossa Instituição (quando me refiro a instituição é sobretudo às pessoas que a representam), referenciando-a pelos melhores motivos e recomendando-a a familiares e amigos, necessitados de apoio em momentos difíceis.
Gostaria também de mandar um grande abraço a todas as Vossas colaboradoras, pelas palavras e
gestos amigos que tiveram para comigo e  para com o meu Pai, agradeço também em nome dele.
Até Sempre!

Guarda, 25 de Outubro de 2017

Marta Sofia Neves de Almeida Sanches


 

Há muitos anos que conheço a Casa de Santa Zita em Coimbra! A ela sempre volto, certa de ser acolhida com um sorriso e uma palavra de conforto. O ambiente sereno, a impecável limpeza dos quartos, o silêncio da capela, a hospitalidade de quem me atende, são razões de sobra para deixar este merecido testemunho. Bem-hajam!


 

Muito obrigado por tudo e pelo que fizeram por mim. No momento mais delicado e difícil da minha vida a nível de saúde aqui na Obra de Santa Zita em Coimbra encontrei um verdadeiro recanto do Céu um reflexo da infinita Misericórdia e Amor de Deus. A amizade e carinho com que se é tratado assim como as palavras de conforto e força que me deram foram e são um bálsamo na minha vida. A presença da Graça e do Amor de Deus é forte na Obra de Santa Zita em Coimbra.
Fui e somos sempre tratados como verdadeiros príncipes. Um bem-haja a todos os colaboradores da Obra de Santa Zita em Coimbra. Jamais me esquecerei do que fizeram por mim e estão para sempre no meu coração e nas minhas orações.
Na capela de onde está o Santíssimo Sacramento a presença de Deus e o seu Amor tocou a minha alma e todo o meu ser. Obrigado meu Deus por tudo… um bem haja a quem me indicou e encaminhou para este magnífico e belo lugar do Céu que é a Obra de Santa Zita de Coimbra.

Gonçalo Seabra- Seia


 

Nos momentos de dor faltam-nos as palavras que saibam reportar o que sentimos. Um desalento profundo, uma ansiedade constante e um sentimento de impotência invadiram-nos, levando-nos a entregar o nosso maior tesouro nas mãos de profissionais de saúde do Hospital Universitário de Coimbra, para as quais louvo também pela sua disponibilidade e atenção! Sublinho que foi na Casa de Santa Zita de Coimbra que encontrámos, pela segunda vez, a tranquilidade e o carinho, que nos ajudaram a suportar momentos mais turbulentos. A palavra de aconchego aqueceu-nos o coração e revigorou-nos para enfrentar o dia após dia. A capelinha, existente no interior e onde apelámos à proteção de Deus, também nos confortou e reforçou a nossa crença. Um abraço de grande estima e um beijinho carinhoso à Diretora da instituição, Sra. Emília, que sempre tão bem nos acolheu, dos filhos e esposo da D. Laurinda Paulo de Torres Vedras. Bem-haja!